Mulheres na Tecnologia : conheça as revoluções delas

Voltar para o blog
13 de abril de 2022 Artigos

A participação feminina no mercado de tecnologia cresceu, mas as mulheres revolucionam na área há mais tempo do que se imagina. Saiba Mais!

Legenda da Imagem

 

Apesar da sociedade ainda relacionar a figura masculina à área de tecnologia da informação e suas vertentes, creditando grandes feitos apenas aos homens, a participação feminina é mais forte do que muitos imaginam.

Essa invisibilidade acontece, principalmente, pelo fato de que existiam regras e leis que impediam mulheres de exercerem atividades que não fossem domésticas, um atraso que custou caro e reflete até os dias atuais.

O artigo de hoje irá comprovar que o avanço tecnológico também foi construída por elas e exaltar tantas profissionais que contribuíram para a evolução do setor. Leia Mais!

 

Desafios enfrentados pelas mulheres na tecnologia

Como ainda acontece atualmente, desde a infância as mulheres são induzidas a desempenhar funções relacionadas à família. Um exemplo básico está nas lojas de brinquedos, onde os gêneros são divididos e a seção das meninas recebe brinquedos como “casinhas” e “bonecas”, enquanto os meninos têm acesso a foguetes, trens e profissões renomadas, como bombeiros e cientistas.

No século passado, esse tema era ainda mais complexo, tendo em vista que a cultura da época determinava leis que impediam a mulher de ser dona da própria vida, principalmente do lado profissional. Quem conseguiu viver com liberdade, se deparou com o sexismo no trabalho.

Na área da ciência e engenharia, por exemplo, muitas mulheres tiveram o seu nome ocultado de trabalhos e outras propriedades criadas ou conquistadas por elas. Suas invenções ou descobertas eram registradas em nome de seus pais ou maridos.

Mas, isso não impediu que elas construíssem o seu próprio legado.

 

Elas entraram para a história

Mesmo com tanta disparidade e preconceito, diversas personalidades atingiram feitos históricos, inventando, construindo, descobrindo e transformando aquilo que viria a ser utilizado até hoje, em todas as áreas.

Conheça a seguir cinco mulheres que tornaram possível a existência de determinadas tecnologias.

 

5 mulheres na tecnologia que marcaram a história

Ada Lovelace

A matemática, escritora e condessa é a primeira programadora do mundo. Ela é responsável pelo primeiro algoritmo que foi usado por uma calculadora chamada de Máquina Analítica, o mais próximo do que seria um computador no começo do século XIX.

 

Dorothy Vaughan

Foi a responsável por implementar o sistema de linguagem Fortran na NASA. Também contribuiu no projeto do foguete Scout (Solid Controlled Orbital Utility Test), que lançaria pequenos satélites na órbita. É considerada uma das mentes brilhantes da NASA até hoje.

 

Grace Hopper

É conhecida como a mãe da programação de computadores. Criou a Linguagem Comum Orientada para Negócios (COBOL, na sigla em inglês), utilizada até hoje por empresas de todo o mundo. Trabalhou como programadora do primeiro computador de grande capacidade, o Mark I.

 

Hedy Lamarr

A inventora foi responsável por criar o "Frequency Hopping", sistema usado para evitar a interceptação de mensagens durante a Crise dos Mísseis, na Guerra Fria. A tecnologia reflete até hoje, pois possibilitou a criação da telefonia celular, do 3G, das redes sem fio (o sistema precursor do WiFi) e do GPS.

 

Shirley Ann Jackson

Física que possibilitou a criação de cabos de fibra óptica e avanços na área de telecomunicações, como a invenção do fax portátil, do telefone de “cordinha”, de células solares e da tecnologia por trás do identificador de chamadas.

 

Mulheres na tecnologia nos dias atuais

Os exemplos citados acima aumentam a representatividade e servem de incentivo para que mais mulheres ingressem no ramo. 

Atualmente, pesquisas revelam que essas profissionais já ocupam 45% das vagas de empresas que atuam em telecomunicação, sendo que 34% estão em postos de liderança.

 

Avanços em prol de todos

Nós, da Sencinet, desejamos que esses avanços culturais aconteçam na mesma velocidade que os tecnológicos, para termos uma sociedade mais justa e inovadora.

Para conhecer mais sobre o nosso trabalho, acesse o site clicando AQUI.