SENCINET VENCE LICITAÇÃO E FARÁ A INTEGRAÇÃO DE TODAS AS UNIDADES MARÍTIMAS E TERRESTRES DA PETROBRÁS POR CINCO ANOS

Voltar para o blog
13 de setembro de 2022 Sencinet na Imprensa

Link da matéria: https://petronoticias.com.br/sencinet-vence-licitacao-e-fara-a-integracao-de-todas-as-unidades-maritimas-e-terrestres-da-petrobras-por-cinco-anos/

Legenda da Imagem

A Sencinet, integradora de soluções e serviços gerenciados, foi a vencedora da licitação para a escolha da empresa que realizará a interconexão via satélite entre a estação central (Hub) da Petrobrás, no Rio de Janeiro, e todas as unidades remotas marítimas e terrestres da companhia. O contrato de cinco anos prevê ainda o fornecimento, instalação e manutenção dos kits de equipamentos necessários para a operação em localidades offshore (plataformas e embarcações e onshore (escritórios, refinarias e outras instalações). O diretor executivo de vendas e marketing da Sencinet, Jayme Ribeiro, explicou que um dos principais diferenciais da companhia para apresentar o menor preço é o fato de a empresa oferecer uma tecnologia moderna “Spot beam“, na qual os sinais do satélite são direcionados para pontos específicos na superfície da Terra. No modelo tradicional, toda a área de cobertura tem um único feixe.

Como a maior concentração de tráfego da Petrobrás ocorre nas bacias de Campos dos Goytacazes, e de Santos, por exemplo, vamosusar um feixe específico que cobre a Região Sudeste. Ele entregará maior potência a menores custos. Para as demais regiões do país, utilizaremos a tecnologia tradicional que oferece condições suficientes para as operações da petrolífera”, explicou o diretor executivo de vendas e marketing. Com o objetivo de trabalhar com toda esta flexibilidade, a Sencinet realizará investimentos de modernização e expansão do sistema de telecomunicações que a empresa tem no teleporto de Hortolândia, no interior de São Paulo. Um dos principais movimentos será a instalação de novos equipamentos numa antena de nove metros para que ela aponte na direção dos satélites que operam na tecnologia Spot Beam.

O contrato prevê que a Sencinet entregue uma capacidade média de banda de 240 megabits por segundo ao longo dos cinco anos do contrato, sendo que a maior parte deste potencial será destinada ao atendimento das plataformas de petróleo offshore nas Bacias de Campos e Santos, incluindo o pré-sal. A partir da assinatura do contrato, a Sencinet já iniciou o trabalho junto a Petrobrás num cronograma de migração do modelo de serviços anterior de comunicação para o atual.  Jayme Ribeiro diz ainda que o novo modelo traz inúmeras vantagens porque a Sencinet tem um teleporto com antenas apontadas para vários satélites diferentes. “Desta forma, é possível oferecer um serviço com muito mais qualidade, otimizado e com custo menor. Existe um mercado robusto para este tipo de operação na costa brasileira formado tanto pelas empresas que prestam serviços para a Petrobrás quanto pelas petrolíferas da iniciativa privada que concorrem com a estatal pela exploração do petróleo no país. Essa parceria nos oferece uma musculatura suficientemente forte para oferecer soluções eficientes e econômicas para uma parcela significativa destas companhias”, finalizou o executivo.